Como fazer arroz soltinho

O Leitor e a Leitora certamente já tiveram seus episódios de arroz ‘unidos venceremos’, quando os grãos se agarram em longos abraços e beijos apaixonados. Dentro de minhas panelas, é freqüente observar que eles fizeram juras de amor eterno até que a boca os separe, ou simplesmente resolveram fazer uma festinha daquelas e estão num agarramento generalizado. Essa saliência toda não é de todo má, pois já vi o olho de muito conviva brilhar de desejo ao equilibrar na colher placas brancas e fumegantes da mais coesa papa.

Há dias, entretanto, que se quer algo mais relaxado, sem compromisso ou amarras, algo assim como um flerte assanhado, uma admiração a distância ou amor platônico entre os grãos cozidos. Em momentos assim, ponho água para ferver, adiciono sal, despejo o arroz cru e cozinho como se fosse macarrão, provando de vez em quando para não perder o ponto. Uso uma peneira grande para escorrer e sirvo os grãos assim, soltinhos, solteiros, desimpedidos e contentes com sua individualidade.

Namoricos de verão, amizades coloridas, rolos, ficantes, pretês, paqueras, tico-tico-no-fubá… as variações desse arroz soltinho são quase tão numerosas quanto os nomes atribuídos aos relacionamentos despretensiosos. Para variar a receita, pode-se:

  • Dissolver na água um caldo de galinha ou legumes
  • Temperar a água do cozimento com uma folhinha de louro, um dente de alho, ou especiarias mil, como cardamomo, canela, anis estrelado
  • Regar com azeite do bom e salpicar pimenta moída na hora
  • Mesclar ervas frescas picadinhas ao arroz pronto
  • Envolvê-los todos num molho bem encorpado
  • Na hora de servir, coroar o arroz já escorrido com um pedacinho de manteiga e vê-la derreter de amores por esses indivíduos tão independentemente bem-resolvidos


17 comentários em “Como fazer arroz soltinho

  1. Elvira

    Eu costumo colocar o arroz directamente no azeite quente. Depois, mexo com uma colher de pau até ficar transparente, antes de juntar os temperos e a água. Assim, fica perfeitamente solto. :-)

    Beijos.

    Elvira, querida, normalmente faço isso, nem sempre dá certo. Acho que é porque eu frito o arroz junto com os temperos, será que tem a ver? Um beijo, Dadivosa.

    Responder
  2. Mari Rezende

    Dadi, amei o post… O meu arroz é exatamente assim: um agarramento só! Me dá uma tristeza ver aquele grude, hehehe…
    Muito boa essa idéia!
    Beijinhos!

    Mari, experimenta e me conta… mas agarramento de arroz não é de todo mau não, viu? ;***
    Dadivosa

    Responder
  3. Carol

    Preciso confessar que amo arroz empapado!! Nossa, sou fã. Acho que sou a única!! Mas, enfim, é sempre bom sabermos técnicas diferentes!! Grande beijo

    Carol, acho que o arroz agarradinho tem muitos fãs mesmo. Estou em cima do muro, há dias em que gosto deles mais soltinhos, há dias em que a papa me agrada ;***
    Dadivosa

    Responder
  4. Ziza

    Puxa, acho arroz soltinho tão chato. Gosto mesmo é quando eles grudam e “puxam” todo o molhinho da carne, todo o caldinho do feijão… :)

    Carol, não estás sozinha não!

    Ziza, vamos ver se mais fãs do arroz papinha vão se manifestar? Achei uma graça o seu comentário, gostei ;***
    Dadivosa

    Responder
  5. Rubão

    Dadivosa, certamente seu texto é mais gostoso do que o arroz que eu faço! Parabéns!
    r

    Rubão, fico lisonjeada, mas não seja assim tímido, que sei que você é bem prendado! ;***

    Responder
  6. Leilah

    Como não amar esses grãozinhos tão cheios de si? rs
    Amei o post, pra variar!
    Coisa linda enxergar essa mágica que acontece no mundo da comida!!
    Beijos!

    Leilah
    Leilah, são uns atrevidinhos! É aquela coisa, né? O sapateiro olha pro sapato… o cozinheiro vê tudo na comida :)

    Responder
  7. Anônimo

    Dadi, como sempre, você consegue transformar até arroz papa em poesia… ;o) A vida toda eu variei entre arroz papa e arroz duro, e só há poucos meses consegui acabar com minha frustração: cozinhando arroz na panela de pressão!!! Agora é uma panelada atrás da outra de arroz macio e soltinho, daqueles que mal páram no garfo… Estou realizada!! :o) E também vou aproveitar suas dicas, claro!

    Cara Anônima, quer partilhar conosco essa dica de arroz na panela de pressão? Dá sempre certo, é? Adoraria saber como se faz, e também qual o seu nome ;)

    Responder
  8. elianascaramal

    Dadi sabe que não como arroz soltinho a muitos anos, por um simples fato eu uso grão japonês e faço na panela oriental para arroz, sem sal e sem óleo e acho simplesmente divino o Rapha adora come purinho. heheheh Mas meu sogro e todo o resto dos amigos que tenho amam arroz soltinho. risos

    Está tudo bem contigo?!

    Lica, querida, está tudo ótimo! Olha, o Rapha é um menino muito do sabido, um gourmetzinho de primeira! Também aprecio um gohan, mas nunca tentei fazer em casa, você me deixou com vontade de testar :) Um beijão!

    Responder
  9. osni

    Puxa que alívio!!!! Se até vc tb, de vez em quando, faz arroz unidos venceremos então posso ficar mais tranquilo. Vou tentar desse modo, talvez agora eu consiga.
    Detesto arroz papa/unidos venceremos.
    Obrigado
    Osni

    Osni, ri tanto com seu comentário! Olha, eu erro bastante na cozinha, viu? Corto a receita pela metade mas esqueço de diminuir a quantidade de farinha ou ovos, queimo a carne assada, o pão não cresce, essas coisas todas. Mas me divirto, sempre-sempre. ;)

    Responder
  10. Eduardo Luz

    Falar do texto é covardia ! Muito bom!
    Eu prefiro arroz bem solto e é por isso, que lá em casa adoramos um belo Basmati feito rapidamente na água fervente. Depois e se preferir, é só usar as tuas alternativas ou ainda, cardamomos, cravos, canelas, cominhos, etc .

    Responder
  11. ivan

    eu sou um dono de casa nato…minha mulher trabalha e eu tomo conta das crias e da casa….dai vai minha dica que eu acho infalivel..
    arros tipo um..
    oleo ou azeite
    tempero a gosto
    sal a gosto…….vamos la

    coloque o oleo pra aquecer em uma panela proporcional a quantidade de arroz a ser feito,deixe aquecer,junte o tempeiro…nao deixe queimar o alho nao fica legal…junte o arroz sem lavar(arroz tipo 1 ja vem pronto pra ir pra panela)deixe fritar o arroz por aproximadamente uns tres a quatro minutos…mexendo sempre….dai adicione agua fria ou quente,nao importa vai ficar solto do mesmo jeito….coloque agua dois dedos acima da camada de arroz…dai e so esperar secar a agua…se ainda estiver meio duro acrecente mais um pouco de agua..mesmo assim ainda vai ficar soltinho….vale apenas esperimentar…sempre deu certo comigo…boa sorte

    Responder
  12. diogo fernandes

    hahaha!!!!! ninguem acreditou!!! minha esposas disse como voce fez um arroz desse???foi voce mesmo???ela me perguntou como, mas ainda nao disse!!! obrigado mesmo!

    Responder
  13. Bernadete

    nossa ! q lindo! amei a sua sátira do arroz, amo arroz, grudado, solteirinho, faço arroz de qualquer jeito, mas para ficar soltinho aprendi torrá-lo puro até ficar sequinho e depois ir colocando o tempero, sal, um pouco de oleo e por ultimo a agua, fica gostoso e soltinho mas o meu filho gosta grudadinho, aqui em casa temos uma verdadeira paixao por arroz! obrigada pelo q vc escreveu.

    Responder
  14. Janine

    Nossa! Se vc cozinha tão bem quanto escreve, com certeza vou utilizar suas dicas.
    Beijos!

    Oi, Janine. Muito obrigada pela visita e pelo comentário tão querido. Um beijo ;***

    Responder
  15. Silvana Costa

    Eu amooooo arroz unidos venceremos, e quando fica meio papinha então hummmmm, as vezes faço uma panelinha de arroz só para mim!!! hehehe

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Post aleatório

Polenta Invocada

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail