Frango Ligeiro com Páprica e Iogurte

Frango Ligeiro com Páprica e Iogurte

Com o Sr. Dadivoso em restrição alimentar, reinam em minha casa alimentos ainda mais saudáveis.

E por saudáveis entenda-se também coloridos e apetitosos, pois frango desmaiado, alface tristonha e cenoura ralada todos os dias tornam a vida enfadonha e perigam causar danos irreversíveis à força de vontade de qualquer ser humano.

Pois, tivesse eu mais tempo naquele dia, meu frango com páprica teria ficado mais vermelhinho e curtido, mas os estômagos roncantes (meu e do Sr. Dadivoso) não permitiram uma marinada mais longa do que 20 minutos.

Quando o leitor e a leitora reproduzirem a receita em casa, por favor, deixem tomar gosto por umas horas na geladeira que o resultado ficará ainda mais saboroso.

A receita abaixo rende bem para duas pessoas. A quantidade de frango pode ser aumentada para até 600g sem prejuízo algum de sabor.

Ingredientes:

  • 300 g de peito de frango desossado e sem pele, em cubos
  • 200 ml de iogurte [usei desnatado de copinho, pois os meus caseiros tinham acabado]
  • 2 generosas colheres de sopa de páprica picante
  • 1 colher de sopa de curry em pó
  • 1/2 colher de café de sal grosso triturado na hora
  • cebolinhas verdes para polvilhar

Como fazer:

  1. Misture o iogurte com os temperos (menos a cebolinha), incorporado todos muito bem e envolva nesse creme/pasta os cubos de frango.
  2. Deite o frango numa vasilha funda de vidro, cubra com plástico-filme e deixe marinar por horas. Você pode deixar de um dia para o outro, ou preparar de manhã para fazer à noite. No meu caso, deixei muito pouco tempo e também ficou bom, mas recomendo mesmo que se faça tomar gosto por umas 4 horas, no mínimo.
  3. Preaqueça o forno em temperatura quente.
  4. Eu, muito viva, preparei uma forma especial para assar meu franguinho, forrando um tabuleiro grande com papel alumínio. Muito prático mesmo!
  5. Com uma pinça ou pegador (nada de furar com o garfo), transfira os cubinhos para o tabuleiro forrado, de forma que eles não se sobreponham. Isso é importante para que o cozimento se dê por igual. Não se preocupe com o excesso de pasta, caso haja.
  6. Leve ao forno forte por uns 15 a 20 minutos. Em caso de dúvida, experimente.
  7. Transfira os cubos novamente, desta vez para uma travessa que possa ir à mesa. Polvilhe com cebolinha verde e sirva.

Para acompanhar o Frango Ligeiro com Páprica e Iogurte, servi arroz de sete grãos e ervilhas-tortas salteadas no alho.

P.S: Dadivosa também é gente, fiiiilha! Estou de semiférias, mas continuo a publicar algumas receitas inéditas e novos escritos, só que com menor freqüência, talvez. Passo por aqui para ler os comentários e deixar um beijo para a Leitora e o Leitor queridos.



16 comentários em “Frango Ligeiro com Páprica e Iogurte

  1. Márcia

    Dadi, querida,
    vi uma receita parecida na Faby, mas ainda não tentei. (Aliás, não tenho tentado quase nada das delícias q vc todas me indicam…)
    Mas essa foto tá tentadora, dá vontade de fazer no mesmo dia!!!
    Bjos e um Reveião de muita luz, glamour e felicidades mil!!!!

    Responder
  2. Patricia

    Dadi, minha “ídala”, que franguinho tudibom!

    Concordo contigo totalmente, peito de frango que parece isopor não desce nem com vaselina, cruzes!

    Gostei da receitinha e acho que vou usá-la no meu almocinho básico do próximo domingo, já que à noitinha será hora de comer “mais de com força”.

    Bjs!!

    Responder
  3. Ana

    Feliz Ano Novo Dadivosa e familia!!
    Que 2007 traga muitas alegrias e receitas deliciosa p/ a cozinha de voces!
    Adorei sua sugestao de frango, ainda mais q eh assado, gostei mesmo, ja copiei e pretendo testar logo!
    Alias, o flousse de amoras ficou demais, tirei foto e tudo. Posso posta-lo no meu blog tbem? (com as devidas referencias, claro!)
    Beijos!
    Ana

    Responder
  4. Silvia Arruda

    Oi Dadi!! Tudo bem?
    Podexá que entendemos sua semi-férias. Afinal, toda dadivosa merece mesmo! :)
    Este frango ficou com a cara muito boa. E esta sua frase “frango desmaiado, alface tristonha e cenoura ralada todos os dias tornam a vida enfadonha”, vai servir como lema para mim em 2007. É verdadeira e divertida.
    Um beijo

    Responder
  5. Isabel

    Dadivosa, fiz o frango e amei!!! Husband reclamou que estava muuuito picante… Agora vou experimentar com a páprica doce para ver no que vai dar…
    Agora o visú da cocó ficou show!!!!

    Beijos

    Responder
  6. Anacris

    Dadivosa, minhas papilas gustativas estão em brasa. Certeza que são colheres de sopa?
    Bom, fato é que foi devorado. Minha monstrinha amou. Já o monstrinho deixou no canto do prato – ficou só no arroz com açafrão.
    Beijos.

    Responder
  7. Eugenia

    Minhas observações:

    1 – o prato é delicioso e muito fácil de fazer! E olha q sou preguiçosa e atrapalhada rs… Se eu fiz, qq um faz.

    2 – ressabiada pelos 2 comentários sobre o ardor, coloquei só 1 colher rasa de sopa de páprica picante e 1 de curry. Ficou ótimo, para o meu gosto – não gosto de nada muuuito picante.

    3 – fiz com filezinho de frango ao invés de cubos e deu certo – claro q aumentei o tempo de forno. Mas confesso que morri de medo de ficar cru por dentro… Melhor fazer com cubos e ficar mais tranquila.

    4 – não deixe de fazer um acompanhamento pra contrabalançar o picante. A Dadi fez arroz; eu coloquei o franguinho pronto sobre um círculo de panqueca. Aí polvilhei o cheiro-verde igual a ela… e ao lado, para enfeitar o prato, coloquei uma pimenta vermelha! Ficou lindo!

    5 – sirva com uma cervejinha gelada!

    Beijos, recomeeendoooo!
    p.s. Dadi, 1 dúvida: o papel alumínio é com o lado brilhante pra fora ou pra dentro (encostando no frango)?

    Responder
  8. Pingback: Baby steps na cozinha « The annotated life

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Post aleatório

Quase notícias

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail