Ave, Chester!

Poucas comidas são mais práticas do que uma bela peça de carne ou ave preparada lentamente no forno. Não exigem vigilância é são particularmente úteis quando se quer papear e estender os aperitivos em companhia agradável sem se preocupar com a cozinha.

Deixo aqui duas receitas, que chegam a ser bobas, de tão simples.

Chester Super Tenro com Laranja

Ingredientes:

  • 1 Chester temperado e descongelado (aquela ave que tem 70% de peito e coxas, mas pode ser outra)
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 2 laranjas

Como fazer:

  1. Ligue o forno para preaquecer.
  2. Retire o Chester do pacote, passe-o pela torneira para dar uma lavadinha (às vezes o tempero é forte por demais). Verifique se não há um saquinho plástico por dentro com as miudezas. Se houver, retire e descarte ou use os miúdos em outra receita.
  3. Numa travessa refratária, disponha metade da manteiga. Sobre ela, acomode a sua ave. Esprema o sumo das laranjas sobre a ave. Passe o restante da manteiga sobre a pele do Chester, cubra tudo com papel alumínio e leve ao forno por duas horas.
  4. Retire o papel alumínio cuidadosamente e, com uma colher grande, regue a ave com o caldo que se formou. Deixe-a no forno por mais uma meia hora, em fogo brando, para dourar.

Massa para Acompanhar

Ingredientes:

  • massa fresca de sua preferência
  • sal
  • água para ferver
  • o molhinho que se formou do assado

Como fazer:

  1. Ferva a água, adicione o sal e cozinhe a massa de acordo com as instruções da embalagem.
  2. Após escorrer a massa, envolva-a com o molhinho que se formou no assado. Vá aos poucos, de colherada em colherada, até encontrar a proporção desejada de massa e molho. Sirva com seu assado e desfrute com alegria a companhia dos amigos!


4 comentários em “Ave, Chester!

  1. Faby

    Dadi, preciso que vc me dê um auxílio no iogurte caseiro. O fermentinho que vc me deu está lá em casa à espera! Vc pode me mandar uma receita bem básica por e-mail? E se eu gostar da aventura, onde compro esses pacotinhos mágicos depois? Dadivosa delivery? rsrsrsrs

    Bjuca!

    Responder
  2. Reginaldo

    Ah, Dadivosa, você me lembra minha terceira espousa, como ela era uma cozinheira prendada… até quando eu tava febril ela fazia flan de Tylenol com lasquinhas de limão… Como eu era Gourmê, mimê, barrigudê! hummm..
    Que saudade. E que bom ver que voce se tornou uma verdadeira expert (com E maiúsculo) no que se propôs a fazer.. que coisas maravilhosas e que disposição de dividi-las com a gente… só falta nos contar como consegue se conservar tão enxuta com um dia-a-dia de tanta iguaria! ;) Até nisso és uma lição hein? como resistir às tentações? ;)

    Responder
  3. Dadivosa

    Faby, minha Rainha, enviei e-mail para você com as coordenadas para o iogurte.

    Reginaldo, não resisto a uma tentação! Entrego-me com apetite, gosto e alegria. Obrigada pela visita e pelo comentário tão jeitoso. Faço votos de que sua atual espousa o esteja a tratar com carinho.

    ;***

    Responder
  4. Andrea Milan

    Hummm

    este Chester… ainda tem um pouquinho? deve ficar bom num pão ciabatta…
    detalhe: sem a “roupa” vermelha da vizinha na vista… hahaha

    beijos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail