Arroz Integral no Microondas

O primeiro microondas que vi na vida foi na casa da Dona Gerda (aquela das canecas da Unicef). Ele tinha o acabemento em madeira, era grande e a programação era feita por um botão de girar, como um dial.

Dona Gerda fazia muitas coisas deliciosas naquele eletrodoméstico. Aliás, tudo o que ela cozinhava era muito gostoso.

Ela, também, era uma mulher-moderna-à-moda-antiga. Tinha os utensílios mais recentes, geralmente vindos da Alemanha, mas não dispensava a panela de pedra-sabão para fazer seu arrozinho branco. Prática e pouco dada a desperdícios, Dona Gerda vez em quando aparecia com alguma novidade culinária confeccionada em seu microondas com cara de rádio antigo.

Mas eu sempre preferi o fogão, mesmo. Microondas, em meus domínios, estava restrito às tarefas de descongelar, requentar, derreter.

Ontem, no intuito de quebrar mais um tabu culinário, cozinhei meu primeiro arroz de microondas. Seguindo as orientações da Andréa, que por sua vez me descreveu o processo utilizado por sua mãe. Funcionou, foi muito simples e ficou gostoso.

Ingredientes:

  • 1 xícara de arroz integral já lavado
  • 3 xícaras de água
  • sal o quanto baste (não usei, pois queria comer com gersal depois)
  • 1 tigela redonda refratária com capacidade para umas 5 xícaras

Como fazer:

  1. Despeje o arroz, a água e o sal na tigela. Programe o microondas por 15 minutos em potência alta. Não precisa cobrir.
  2. Findo esse tempo, mexa o arroz com uma colher e deixe cozinhar por mais cinco minutos. Fiz isso mais umas duas ou três vezes, sempre verificando o cozimento. Se preferir (ou se o arroz estiver já quase sequinho), vá de dois em dois minutos.
  3. Deixei descansar uns dez minutos, depois afofei o arroz com o garfo.

Minha irmã Babi encontrou, no final do ano passado, um caderno de receitas só com comidas de microondas. Ele deve datar do final dos anos 80. Não sei o que me deu para copiar um caderno inteiro de uma só vez (a letra está muito uniforme, a tinta da caneta é a mesma), sendo que não consigo me lembrar de ter feito nenhuma daquelas receitas. Vai ver ainda não tínhamos o utensílio em casa. Agora, com essa pequena restrição de combustível encanado, o tal caderno bem pode me ser útil.



11 comentários em “Arroz Integral no Microondas

  1. Márcia

    Hum, eu também quase não faço nada no micro, mas tenho tantas recetas de bolo de chocolate de micro que você nem imagina…
    Vamos ver se com as suas invencionices nos animamos todas a usá-lo mais…
    Beijos e muitas felicidades na casa nova!!!!

    Responder
  2. Neile

    Bom Dia, Dadi!!!

    Nossa, suas aventuras sem fogão me fizeram lembrar de uma mudança (das incontáveis) que fiz…caixas pra todo lado, cozinha capenga, sem geli e a nova nunca chegava, fim de semana, amigos de fora ligam pra passar o findi pq estão em crise casamental!! Afffeeeeeeee…tinha que receber…resultado: enormes caixas de isopor com muiiiiiiiiiiiiiiiito gelo com tudo separado. A amiga era vegan radical e nem dava pra misturar lacto com os vegetais dela na mesma caixa…vai vendo o trabalho…rs..
    Mas, no fim, deu tudo certo..
    E só voce mesmo pra em encorajar a usar o micro pra outra coisa senão o requentamento de alimentos….srs..rs.r.s
    Um super beijo!!!

    Responder
  3. Ana

    Dadi,

    Eu também quase não cozinho no microondas, ficando o mesmo incumbido apenas de esquentar e descongelar comidas e alimentos. Outro dia minha filha fez um brigadeirão de MO, mas, sinceramente, não consigo gostar da aparência!!!

    Como suas sugestões nunca falham, vou experimentar fazer o arroz integral no microndas, vamos ver se acerto.

    beijo procê,

    Responder
  4. Luciana

    Oi Dadivosa,

    Obrigada por seu comentário gentil lá no meu blog, fiquei feliz especialmente porque sou sua fã.
    Infelizmente meus poucos neurônios não me permitiram aproveitar melhor o wordpress, e por total incapacidade de compreender a melhor forma de configurar minhas humildes fotinhas, voltei para o bom e velho blogger: https://p-queijo.blogspot.com/

    Um beijo e felicidades na casinha nova (depois que passa o stress inicial é tão bom, né?? Eu me mudei umas 4 vezes nos últimos dez anos, espero só sair de onde estou agora para a casa dos meus sonhos… ah, na casa 3 fiquei uns 10 ou 15 dias sem gás… ainda bem que era verão…)

    Bjs

    Luciana

    Responder
  5. Renata

    Dadivosa,
    Gostei de encontrar essas receitas de microondas no seu blog com os respectivos comentários. Microondas ainda é algo bastante inexplorado por mim, também só costumo usar para requentar, descongelar, e quando uso. Nunca cozinhei nada no microondas, uma vez, uma das minhas primas preparou um brigadeirão, achei que ficou tão sem gracinha… Beijinhos.

    Responder
  6. Pingback: Dadivosa » De Torradeiras e Memórias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Post aleatório

Flousse aux Mûres

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail