“Mas é carnaval…

…não me diga mais quem é você

Amanhã tudo volta ao normal

Deixa a festa acabar

Deixa o barco correr

Deixa o dia raiar…”

– Noite dos Mascarados –

(na foto, Absolut Mandarin com uma rodela de suculenta tangerina, sobre resplandecente jogo americado ofertado gentilmente pela Leitora Querida Fafah)

Publicado por Dadivosa em


3 comentários em ““Mas é carnaval…

  1. Karlinha

    Dadi, querida, como foi de carnaval?

    Adorei o comentário a la Chico Buarque!

    Preciso de uma luz, e não vejo alguém melhor que você pra me ajudar!

    Catei na internet essa receita de Lula gratinada, repara aqui:

    “Ingredientes: Serve 5 pessoas
    1 Kilo de lula limpa cortadas em anéis
    40 gramas de aliche
    1 Latinha 180 gramas de atum
    40ml de azeite de oliva ou 2 colheres de manteiga
    40ml de óleo de milho
    1 Limão
    5 dentes de alho picado
    250g de cebola
    250g de tomate sem pele e sem sementes picados
    50g de salsa picada bem pequena
    50 g de cebolinha verde picada bem miudinha
    3 a 4 colheres sopa de polpa de tomate
    quantidade suficiente de molho branco para formar uma película 8mm na área superior do refratário
    100 gramas de queijo parmesão
    100 gramas de queijo mussarela
    Sal e Pimenta do reino e malagueta se for do seu gosto.

    Modo de Preparo:

    Tempere as lulas com sal, limão e pimentinha e reserve pelo menos uns 15 minutos. Em uma panela junte o óleo e o azeite de oliva, comece dourando o alho picado, em seguida junte a cebola, o tomate picado, a polpa de tomate, adicione as lulas, o aliche cortado em pedacinhos miúdos, deixe ferver por alguns minutos ou até que as lulas estejam no ponto, por último salpique a cebolinha verde e a salsa. Coloque tudo num refratário, espalhe a camada de molho branco por cima, salpique com os queijos ralados e leve ao forno pré-aquecido a 220 graus centígrados para gratinar, o queijo derreter, dourar, até mesmo queimar um pouco. A superfície deve ficar um mosaico de tons marrons, do mais claro ao mais escuro, com alguns pontos pretos, onde o queijo fez bolhas e queimou. É bom parte do queijo ficar pendurado nas bordas do refratário, porque, além de configurar um visual bastante apetitoso, no final, aborda crocante e quase queimada é uma delicia. Pode ser servido como uma entrada com pães diversos e torradas, ou mesmo como prato principal acompanhado duma boa massa da sua preferência.”

    Só tem um ps: EU NUNCA PEGUEI NESSE BICHO, SEI NEM PRA ONDE VAI! Aí vão minhas dúvidas:

    1) Precisa cozinhar antes?
    2) O que achas de eu colocar polvo também? Esse eu sei que cozinha antes, né? Já me disseram. Mas minha dúvida: todo polvo qdo cozinha fica molinho ou tem uns que serão chicletes para sempre? Tu sabes? Se o polvo for complicar, eu desisto e fica só a Lula mesmo.
    3) Algum cuidado especial pra essas Lulas? Tô afinzassa de dar uma de madame e comprar limpinha e cortadinha já….mas e se eu não conseguir? Dicas, dicas, pleeeeeeeeeeease!

    Obrigada, Dadi!

    beijão e bom fim de carnaval
    Karla Araújo (diretamente de Recife, terra do melhor carnaval dumuuuuuuuuundo!!! ;-)

    Responder
  2. Helena Amaral

    Olhando esse lindo jogo americano tenho quase certeza que a Fafah é minha conterrânea ( Sou recifense…)
    Parabéns pelo delicioso site!!!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Post aleatório

Alles Gut? Alles Blau!

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail