Sopa de mãe e a mãe das sopas

Eis que na correria da vida lá fora, um dia antes do dia D, juntei panelas e temperos e carnes e legumes e utensílios e preparei três sabores diferentes de sopas, que a priori me apeteceram já pelo nome:

  • Carne com mandioca e legumes ao perfume de louro
  • Abóbora com cenoura e gengibre
  • Mandioquinha com alho-poró e manteiga

Esperava, com isso, dar certo aconchego aos dias de dieta líquida. Qual nada! Nenhuma delas, nem a substanciosa carne, nem a atrevida abóbora, nem a delicada mandioquinha me agradou o paladar. Um pouco pela temperatura – gelada, nada condizente com o frio da barriga e de fora dela – um pouco pela falta de inspiração maternal na hora da cocção, outro tanto por ter ignorado os princípios básicos da comida restituidora, errei na mão e tive de engolir muito a contragosto o resultado. Ruins não ficaram, mas faltou-lhes um quê de carinho.

Redimi-me hoje, com a simplicidade de uma canja daquelas que só a mãe (ou a gente, quando tem o firme propósito de auto-mimar-se) sabe fazer.

Ingredientes (para duas canecas):

  • 1 sobrecoxa de frango, sem osso, sem pele e sem gordura
  • 1 batata em cubos
  • 2 cenouras em cubos
  • 1 colher de sopa cheia de arroz cru
  • pitada de sal
  • 3 bolinhas de pimenta-do-reino branca
  • azeite para regar
  • sementes de papoula para polvilhar

Como fazer:

  1. Em panela pequena vão o frango, a batata, a cenoura, a pimenta e o sal. Cubra com água e leve ao fogo para cozinhar até que tudo esteja macio.
  2. Liquidifique tudo ou apenas desfie o frango.
  3. Ao servir, polvilhe a semente de papoula (ou salsinha fresca, se tiver) regue com azeite e contemple a barriga e o coração se aquecerem com a mãe das sopas, aquela que, junto com a prudência e o dinheiro no bolso, não faz mal a ninguém.


3 comentários em “Sopa de mãe e a mãe das sopas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Post aleatório

Agradecimento

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail