Salada de Rúcula com Queijo

Dia desses a Valentina falou sobre a vontade mastigar saladinha. Sou acometida diariamente por essa necessidade de comer coisas cruas e frescas. Sinto-me mais viva, parece.

Aí na foto, o Leitor e a Leitora podem ver uma combinação que resultou muito agradável: rúcula com Chabichou.

Uma pausa para a informação:

Chabichou é um queijo de cabra de origem francesa, de massa mole e casquinha mofada e branca (quando jovem, pois à medida que amadurece, vai se tornando azulada).

Ele é vendido em pequenas toras de uns seis centímetros de comprimento, mais ou menos. O preço é acessível e você pode encontrá-lo nos supermercados sem muito esforço, já que existem produtos nacionais bastante honestos.

Reza a lenda que o nome, que acho adorável, vem do árabe chebli (cabra).

Observe que me empolguei e, no intuito de promover um colorido mais dramático, espalhei tirinhas de pimentão vermelho, mas são totalmente dispensáveis, acredite! A rúcula e o queijo se bastam.

Como fazer:

  1. Escolha uma rúcula bem tenra e novinha, e arrume-a no prato.
  2. Tempere com sal moído na hora.
  3. Respingue um pouco de vinagre balsâmico.
  4. Corte as rodelinhas de queijo (umas três).
  5. Moa pimenta-do-reino por cima de tudo.
  6. Finalize com um bom azeite e delicie-se.

Um pão (baguette, sírio…) para acompanhar também pode cair muito bem, mas dispensei dessa vez.

Ah, e aqueles pontinhos pretos são gergelim torrado.



28 comentários em “Salada de Rúcula com Queijo

  1. Dadivosa

    Queridos e Queridas,

    Tenho me atrasado imensamente para responder aos seus comentários.

    Espero que não achem que é pouco caso, pois leio todinhos e às vezes até consigo retornar por e-mail.

    Tentando voltar ao ritmo, seguem meus pitacos:

    Luna, logo você, que é tão prestimosa, vai trepidar diante de uma saladinha? Não há nada mais fácil, querida! Você verá que podemos inventar muitas combinações agradáveis sem sofrer com o calor nessa canícula de janeiro :D

    Eliana, é mesmo? Nem se forem só as folhas, bem tenrinhas, tipo baby-rúcula?

    Patrícia, vou te mandar uma fresquinha, pode ser? ;*

    Dauro, obrigada pela menção lá em seus domínios, fico muito honrada sempre!

    Raul, homem Dadivoso, que bom que voltou! Como lhe falei, não sou superfã de tomates secos e esse queijinho, untuoso como é, acho que pede algo mais ácido. Eu iria de tomates frescos… cereja, de repente. Mas você deve fazer como bem souber! Bem-vindo, querido!

    Dani, agora eu que fiquei com vontade de comer feta com pepino, tomate, cebola, azeitona preta e mooooito azeite!

    ;***

    Responder
  2. miki w.

    dadi, amei… e tb adorei a explicação do queijinho, não conhecia.
    vim aqui apanhar a receitinha do manjar, vou me aventurar naquelas terras hoje!
    beijinhos, miki

    Responder
  3. Juliana

    Olá Dadivosa!!!
    Olha bem, estou para comentar há um tempão e não acho tempo no janeiro mais corrido da minha vida.
    Eu não sei cozinhar. Nunca nem quis aprender. Mas de repende um novo mundo se abriu na minha frente e eu ando com vontade de aprender, de fazer comidinhas. Mas pra mim tem que ser tudo muito fácil…melhor dizendo, tudo muito idiota. Porque eu não sei fazer nada mesmo.
    Andei procurando blogs na internet, achei a Fernanda do Chucrute com Salsicha (mas ela é elaborada demais pra mim ainda…mas ADORO o blog dela), depois achei o blog da Márcia, o Fouet etc etc, lá achei uma receita de bolo de fubá que já fiz, até mandei foto pra ela…acho que ela nem gostou, porque nem me respondeu…mas ficou feinho mesmo.
    E no blog dela achei o seu.
    Primeiro quero te dizer que venho aqui todo dia…
    E já fiz uma das suas receitas, um frango com páprica e iogurte. Acho que deu certo, mas ficou ardidíssimo…risos. E olha que eu gosto de coisas picantes. Mas adorei….pena que não tirei foto pra te mostrar.
    Agora acho que essa saladinha eu vou dar conta também…risos.
    Bem, essa bíblia toda se resume assim: gosto de vir aqui.
    Beijinho
    Juliana

    Responder
  4. Dadivosa

    Lu, imagina, fiiiilha! É uma mistura de calor com assoberbamento mesmo. Meu estado de inapetência é tal que só aturo coisinhas leves, refrescantes e fáceis. Mas já me começa a agarrar um comichão para bater um bolinho ;)

    Responder
  5. Dadivosa

    Miki, jura? Hmmm, deu até uma vontade de fazer de novo! Agora que sou uma pessoa que come manga, posso até pensar em fazer uma calda com essa fruta tão refrescante! haaha
    ;***

    Responder
  6. Dadivosa

    Juliana,

    Seja muito bem-vinda! Folgo em saber que você está a reavaliar sua relação com o condão culinário e (o melhor de tudo) está achando divertido. É assim mesmo, a gente começa com o que acha ser mais simples, depois vai elaborando mais… ou não, né? Eu gosto de um pouco de cada coisa, e cada coisa em seu tempo. Às vezes me lanço em algum desafio, mas às vezes fico no que existe de mais simples (e gostoso!).
    Faço votos de que você extraia o que de melhor existe nesses momentos de brincadeiras na cozinha.
    Ah, e a quem interessar possa, já ajudei a libertar a primeira Dadivosa do ano! (A intenção é uma por mês, lembram?)
    Beijos

    Responder
  7. Márcia

    Juliana, aqui é a Márcia, do lefouet.
    Não recebei nenhum e-mail seu, menina!!! E foi só pr isso não publiquei a foto. lembro mesmo de vc ter comentado, ams nunca chegou nada pra mim, não… Será q foi pro e-mail certo? o mm_bsb…..?
    Mas mande de novo para mim, que obviamente teremos (eu e a Partner Danits) o maior prazer em publicar!!!
    Sério mesmo, não recebi nenhuma mensagem sua, manda de novo, se der com cópia pro marciamaria13 @ yahoo.com .br (sem os espaços).
    Desculpe, mas realmente não foi descaso!!!!
    Beijos e apareça por cá e por lá!
    :)
    PS: Dadi, desculpa aê usar o teu bloguinho, mas no comentário da Juliana não tinha o e-mail dela, e como eu disse não recebi msg dela… Sorry!

    Responder
  8. Natalie Barusso

    Site apetitosíssimo!!!!!!!!!!!

    Tenho uma sugentão pra encrementar essa salada: aspargo e coração de alcachofra, dessas que vc compra em conserva juntamente com a rúcula, tomate seco e o chabichou … Fizemos no Natal, ficou uma delícia!

    Uma dúvida, aquele SETE GRÂOS, de uns posts atrá é o mesmo que o Arroz Selvagem? Ou Arroz selvagem é apenas arroz integral?

    Responder
  9. Dadivosa

    Natalie, ótima sugestão, obrigada!
    Quanto ao sete grãos, ele contém arroz selvagem entre outras coisas, mas é “outra pessoa”. O arroz selvagem é um grão longo, com casca escura, bem diferente do arroz integral.

    ;***

    Responder
  10. Juliana

    Bom dia Dadivosa…
    Querida é você. Muito obrigada pelo estímulo. Acho que dessa vez eu vou gostar mesmo. Eu não me exigo muito, o que dá uma sensação boa no fim…mas com o tempo vou arriscando mais. Para você ter uma ideia, eu tive que ir na rua e comprar panela, faca. É um vexame em pessoa…ou melhor, ERA. Risos.
    Mas pode deixar que eu venho, tento, comento e ainda mando foto pra você ver.
    A fotinho que mandei pra Marcia se perdeu por aí…agora sim me senti melhor. Já estava achando que eu não era boa mesmo…risos…brincadeirinha Marcia. Já comentei no blog dela.
    Daí fiz um “merchan” fazendo propagando do blogo do meu papai. É que ele fez esse blog e ninguém visita…risos. Se tiver um tempinho passa lá.
    O endereço é: gostodefotografia.blogspot.com e outras fotos dele estão no http://www.photo.net/photos/Chicodovale
    Volteraei com comentários bem curtos…é que eu me empolgo…risos
    Beijo beijo

    Responder
  11. Cris Paz

    Querida Dadivosa, confesso que nunca fui muito interessada em cozinhar (veja bem, cozinhar, mas sempre gostei de saborear as gostosuras alheias!)… Mas “meninadocéu”… minhas visitas aqui e no Mixirica estão despertando um monstro perigoso de cozinheira dentro de mim… tô até com medo! (rs)
    bjs

    P.S. delícia essa saladinha hein

    Responder
  12. Dadivosa

    Cris, seria você a segunda Dadivosa de janeiro? Estaria eu superando meu intento de libertar uma por mês?
    Que alegria, menina! Vou querer saber tudo sobre esse seu “monstro perigoso de cozinheira”, que a mim me parece muito mais com alguma fada gastronômica delicada :)
    beijos e mantenha-me informada!

    Responder
  13. Neile

    Dadi!
    Amanhã meu lindo chega do lado mais friorento do mundo e vou saudá-lo com esta saladinha delicia sua porque: ele simplesmente ama os ingredientes rúcula e queijo de cabra! Vc advinha pensamentos, sua dadidanada!.rs…

    Responder
  14. Neile

    Só passei pra dizer que fiz, e ele a-m-o-u! Vai ter bis aqui em casa…mas, só depois daquela com o abacate (não me reconheço!)…
    Beijos, Dadi e linda semana pra vc!

    Responder
  15. Pingback: Dadivosa » Idéia para um Petisco Ligeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail