Gazpacho de Melocotón

Lembrete para mim mesma: Se for beber aquela tacinha de vinho, morrendo de fome enquanto prepara a receita, não fotografe. E se for fotografar a receita, morrendo de fome, mesmo tendo bebido aquela tacinha de vinho, verifique luz e foco… pelo menos.

E com essa foto malacabada, deixo aqui a com pêssegos,  segunda colocada da enquete, que me foi gentilmente presenteada pelo leitor que atende pelo codinome de Anxiño, via este comentário.

  • Cubra o fundo de uma panela com azeite de oliva e ali refogue em fogo baixo uma chalota e dois alhos porós (parte branca) com uma pitada de sal até amolecer.
  • Adicione 1 litro de caldo natural de galinha e deixe ferver.
  • Junte 4 pêssegos bem maduros (dos amarelos) sem casca e em cubos e cozinhe por 10 minutos.
  • Bata tudo muito bem com o mixer de mão (com cuidado, pois poderá espirrar) ou liquidificador. Coe e leve à geladeira para esfriar.
  • Enquanto a sopinha esfria, faça as virutas de jamón: numa frigideira antiaderente, leve fatias de presunto cru em fogo baixo até ficarem sequinhas e crocantes. Reserve.
  • Para servir, arrume nos copinhos o gazpacho, polvilhe uma pitadinha de nada de noz moscada ralada na hora, decore com as virutas de jamón e uma folhinha de menta.

Eu gostei dela assim, um pouco mais pastosa… mas se quiser uma consistência mais leve, pode afiná-la com água gelada até dar o ponto desejado.



9 comentários em “Gazpacho de Melocotón

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Post aleatório

Alles Gut? Alles Blau!

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail