Butterscotch Pudding

Butterscotch é uma espécie de caramelo cremoso que leva manteiga, açúcar e creme. Nome comprido de receita fácil, esse Butterscotch Pudding que encontrei na revista Gourmet de fevereiro de 2009 é mais fácil de acertar do que aquelas caixinhas de poeira colorida e aromatizada que misturamos ao leite, levamos ao fogo, deixamos na geladeira e que a Vó Dinah chamava genérica e desdenhosamente de Pudim Medeiros.

Para mim, a receita tem sabor de infância, lembra aquelas balas toffee que grudam nos dentes de trás e sobremesas de casa de vó. Executei a dita duas vezes, em dias seguidos, servi com e sem creme por cima e pretendo brincar um pouco mais com ela, adicionando coberturas e outras bossas (quem sabe um pouquinho de uísque, uns biscoitos picados, alguma fatia de banana grelhada…).

Ingredientes (rende 4 porções):

  • 1/2 xícara de açúcar mascavo (usei um pouco menos)
  • 2 colheres de sopa + 2 colheresd e chá de maisena (estava assim na receita, segui direitinho)
  • 1/4 de colher de chá de sal
  • 1 1/2 xícara de leite integral
  • 1/2 xícara de creme de leite (usei do fresco)
  • 2 colheres de sopa de manteiga sem sal, cortada em pedaços (esqueci completamente!)
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha (gosto muito não, omiti sem dó)

Como fazer:

  1. Numa panela, misture o açúcar, o sal e a maisena. Junte o leite, dissolva um pouco a mistura, acrescente o creme de leite e leve ao fogo médio, sem parar de mexer.
  2. Quando levantar fervura, ainda mexendo bem, deixe engrossar por um minuto e desligue o fogo. Incorpore o extrato de baunilha (não tinha do bom e não simpatizo com os mais ou menos, de modos que conscientemente deixei de fora da receita) a manteiga rapidamente (eu esqueci da primeira vez, omiti de propósito da segunda e acho que não faz a menor falta, mas o Leitor e a Leitora queridos podem fazer a prova dos nove).
  3. Despeje o pudim numa vasilha de servir (ou em quatro pequenas, como fiz) e leve a geladeira para firmar e esfriar bem. Se desejar, sirva com uma colherada de creme de leite fresco batido (fica gostoso, fiz assim da primeira vez, quando a gula ofuscou a lembrança de tirar uma foto).


6 comentários em “Butterscotch Pudding

  1. Leticia Z

    Parece uma delícia… Já pensou sujar o copinho com um caramelho de café, que delícia?
    Mas uma pergunta, vc jura que o creme de leite não talhou nessa fervurinha que vc deu?

    Oi, Leticia. Não talhou não, é só começar a levantar fervura, esperar um minuto e desligar. Pode ir sem medo, viu? Beijos ;***

    Responder
  2. Patricia Scarpin

    Adoro sobremesas de colher assim, que são cremosas e gostosas. Os potinhos são um charme à parte, hein?
    xx

    Oi, Patrícia! Pois é, os potinhos são reciclados… eram de iogurte. Gosto tanto deles que trouxe comigo na mala ;***

    Responder
  3. Mariana

    isso parece bom demais, ainda mais nesses potinhos lindos. tenho uns iguais, onde guardo mini prendedores de roupa, tipo clips de foto, acho que vou troca-los por butterscotch :)
    mas eu vim aqui mesmo é pra dizer que tava/to com saudades de voce, Fer!
    e adorei que o blog voltou.
    beijo

    Ah, Mari! E quando você vem me ver? Saudades também! ;***

    Responder
  4. Neyara

    Eu fiz quase exatamente como você (sem manteiga), apenas juntei umas raspinhas de meia fava, só para dar um gostinho. Ficou delicioso, preciso me controlar para não comer os 4 potinhos de uma vez. :-)

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Post aleatório

De volta à Suíça

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail