Tenha uma Páscoa Dadivosa!

A ilustração, de Júlio Gurgel,  é para desejar ao Leitor e à Leitora que a Páscoa seja feliz e traga renovação de energias, esperanças e planos gastronômicos!

;***

Publicado por Dadivosa em


23 comentários em “Tenha uma Páscoa Dadivosa!

  1. Gringa

    Feliz páscoa ou Hyvää Pääsiäistä (em finlandês)! A páscoa aqui – como o dia-a-dia – vai ser fenno-brasileiro: sexta-feira santa peixe de acordo com a tradicão brasileira e sábado carneiro com alecrim e tomilho ao malho de vinho tinto de acordo com a tradicão finlandesa. A sobremesa de domingo será paskha e kulitsa da cozinha russa. Tudo de bom!

    Responder
  2. Reginaldo

    Que interessante o inconsciente do Julio Gurgel, nao é? Porque todo desenho nao deixa de ser um auto-retrato ou uma manifestação do inconsciente.

    O coelho macho, sinalizado pelo azul, que provavelmente representa ele mesmo, tem as melhores das intenções, inclusive trazendo cenouras em forma de presentes, numa linguagem corporal cuidadosa e precavida. Mas é envolto em seus pensamentos conflituosos (riscos que pairam sobre sua cabeca em profisão e confusão) e tem as orelhas amarradas, representando um castigo. Obviamente castigo que nao vem da mae, já que a figura materna está, no quadro, ausente, bracos pra tras, e tambem tristonha, quase impotente. Provavelmente os temores e castigos do coelho fiilho vêm dele mesmo, de seus pensamentos confusos que lhe causam uma certa culpa.

    Podemos tambem observar, além da importancia da mãe em seu inconsciente, a identificação com a figura materna – o elo com o maternal: as orelhas em forma de flor. Aliás, essa é uma boa imagem… a gente devia colocar mais flores nos nossos ouvidos.. Filtrando o que ouvimos do mundo de uma forma otimista, dando mais beleza e perfume aos sons do cotidiano.

    Não repara o complexo de analista, Dá, na verdade é pura galhofa mesmo.. :D

    Responder
  3. Dadivosa

    Reginaldo, sua análise semiótica me deixou atordoada!
    Para mim, o coelho de orelhas amarradas é uma avozinha estilosa que explica à neta atenta como preparar cenouras… visão simplista de cozinheira que tem saudades da avó, vai entender!
    Mas gostei dessa idéia de usar flores nos ouvidos :D

    ;***

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail