Sem farelos, sem cortes e sem tradição.


(foto: divulgação)

Nos almoços de família somos encarregados de levar o chanclich e o pão árabe. Sr. Dadivoso, conhecido por sua organização & método, esmaga o chaclich com azeite na proporção perfeita enquanto eu, embora conhecida por minha falta de jeito com facas, corto o pão em 2, depois 4, 8, 16 seções tal e qual bem caprichadas mini-fatias de pizza branca. Cortar o pão árabe para a família é minha missão na terra, diz a lenda.

Ao longo do tempo, fomos paulatinamente promovidos, acumulando o corte do assado e da torta/bolo/sobremesa, tarefas que também executamos com prazer e alegria.

O produto da foto,  forminhas de torta individuais com jeito de fatias generosas, bastante prático e fofo, tiraria um pouco da graça, dos farelos e da folia desses momentos. Espero que uma coisa parecida para assar pão árabe em formato de fatiazinhas milimétrica e amorosamente cortadas não apareça tão cedo para desbancar a tradição familiar e me deixar sem propósito neste planeta! :D

Publicado por Dadivosa em


5 comentários em “Sem farelos, sem cortes e sem tradição.

  1. Mari Rezende

    Estou apaixonada pela foto… Tenho uma queda por tudo que tem desenhos de coração (minha mãe diz que eu nasci apaixonada, hahaha)…
    Mas, eu entendo o seu temor… Não deixe “ninguém” ficar sabendo das forminhas individuais, heim?! ;D
    Beijinhos!

    Responder
  2. valentina

    menina, estes almoços devem ser ótimos. Lembro de umas refeições que tinhamos quando vivia em Brasilia, com familias amigas, cada um levava algo. era tão bom.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Post aleatório

Sopa de Lentilha

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail