Para Cortar-se com Estilo


(Foto: Divulgação)

Encantei-me pela beleza das facas Sha Ra Ku Mono, que parecem carregar no gume mil histórias de samurais.

Sempre balanço ao avistar facas de chef, mas tenho arrepios só de pensar no cenário de horror que poderia provocar a união de uma cozinheira desastrada com uma faca profissional.

Com elegantes talhos nos dedos, ao menos poderei dizer que me cortei com estilo :)

Publicado por Dadivosa em


17 comentários em “Para Cortar-se com Estilo

  1. marta

    nossa!!! isso são facas mesmo!! vc achou essas por aqui em sampa? mas prefiro dedos sem talhos elegantes…rsrsrs…facas são essenciais numa boa cozinha dadivosa, fazem toda a diferença na hora da gente cozinhar mas todo cuidado é pouco!! beijocas e olha os dedinhos!!!!!

    Responder
  2. Luciana

    Eu tenho uma faca poderosa que nunca uso…
    tenho tendência a deixar coisas caírem pelo chão, e várias vezes vi garfos e facas aterrissarem a centímetros dos meus pezinhos…

    Responder
  3. Dadivosa

    Marta, não as vi em São Paulo ainda. E como não sou das mais cuidadosas, acho que vai levar um tempinho até eu adquirir uma faca decente :)

    Luciana, minhas facas são todas míopes ou hipermetropes e adoram ir ao chão também!

    ;***

    Responder
  4. Dadivosa

    valentina, é que você não sofre do mal das mãos com vida própria, querida! :D

    Fer, e eu estou proibida de andar de bicicleta, um dia te conto essa história…

    ;***

    Responder
  5. Brisa

    Ha 1 ano e meio atras usando uma faca “poderosa” no maridao, cortei o dedao tao fundo que chegamos a ver o osso. Hoje em dia, ele nao me deixa tocar nas facas, o que eh muito sabio..A que eu uso, ele tem que afiar a cada vez, de tao cega que eh..cega, porem segura:))

    Take care!:))

    Bjs

    Bri

    Responder
  6. Elvira

    É para mim! Sou tão desastrada com as facas de cozinha que resolvi que o lugar dos pensos rápidos era agora na cozinha e não na casa de banho, onde estavam antes arrumados! :-D

    Responder
  7. Dadivosa

    Brisa, morri de rir com seu ato falho! Eu chego a fazer um calinho na mão de tanta força que precisa fazer pra picar uma cebola…mas antes um calinho do que um talho, né?

    Elvira, eis uma boa idéia! Gostei da lembrança do penso rápido, que por aqui chamamos pelo nome da marca mais conhecida: band-aid :)

    ;***

    Responder
  8. augusto

    é vero, já parei duas vezes no hospital (8 pontos e 6 pontos) com esta terrível mistura: música bacana, moça bacana, vinho bacana e faca bacana, sem a tal da coordenação bacana…

    Responder
  9. Dadivosa

    Karla, viu como não é só você? ;)

    Augusto, morri de rir com seu comentário… é que eu também não consigo processar tanta informação….o meu caso a faca bacana, por si só, já causaria problemas.

    Responder
  10. sonianovaes

    Oi,lindinha dadi…
    Só de olhar essas facas, fico toda arrepiada…olhei que meio correndo, pensei ver a cara do sexta-feira 13…he!he!
    Minhas facas são todas cegas que nem eu…rsss…vivo me cortando então prefiro as ceguetas mesmo…
    Mas se eu não fosse tão desastrada, bem que gostaria de ter uma…
    Beijos…
    Sonia Novaes

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Post aleatório

Objeto de Desejo

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail