Como branquear vegetais


Branquear nada mais é do que fazer um pré-cozimento muito rápido para preservar melhor sabor, cor, vitaminas e minerais de vegetais que você vai usar mais tarde ou congelar.

O processo é bem simples, mas é importante seguir à risca o tempo de cozimento indicado para cada variedade. Isso por que: se você branquear de menos, corre o risco de superestimular umas enzimas danadas que aceleram a deterioração; e se branquear demais, vai acabar com uma verdura ou legume sem gosto, molenga, feia, sem-graça e sem valor nutritivo.

Para um maço de brócolis:
Lave bem, escorra, apare as folhas e corte os floretes como de costume.
Coloque água para ferver em fogo alto numa panela (média, suficiente para não ocorrer nenhuma superlotação).
Jogue os floretes na água fervendo (sempre em fogo alto) e comece a contar o tempo: são três minutos, cravados, a partir do momento em que as arvorezinhas caírem na água
Ao término dos três minutos regulamentares, escorra e despeje-os imediatamente em uma vasilha grande com bastante gelo e um pouco de água. Esse processo é fundamental, pois corta o cozimento na hora. Aguarde alguns minutos até que tudo esteja frio, escorra novamente e empregue. Você pode congelar em um pote hermético ou saco plástico (sem ar, por favor) ou guardar na geladeira para usar mais tarde.
Vegetais conservam-se bem por seis meses no freezer.

Publicado por Dadivosa em


5 comentários em “Como branquear vegetais

  1. Semente

    Mto obrigada pela dica. Queria fazer isso exatamente com o brócolis pq já tentei fazer arroz com brócolis e ficou um verde mto sem graça. Acho q se branquear vai ficar com cor mais viva, né?

    Responder
  2. Pingback: Medalhão suíno com crosta de brócolis e castanha | Pimenta no Reino

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *




Arquivos

Newsletter

Assine para receber no seu e-mail